O paraense Alisson Matos Gonçalves fará sua profissão religiosa neste sábado em Belém do Pará


Você está em - Home - Notícias - O paraense Alisson Matos Gonçalves fará sua profissão religiosa neste sábado em Belém do Pará

Noviço faz profissão religiosa em Belém

Alisson Gonçalves ao centro, de camisa branca, ao lado de noviços de outras províncias Redentoristas

O paraense Alison Matos Gonçalves fará sua profissão religiosa na Congregação do Santíssimo Redentor neste sábado, 23, no Santuário Nossa Senhora do Perpetuo Socorro em Belém do Pará. A celebração eucarística inicia as 19 horas.

Natural de Belém, o jovem tem a humildade e a intensa vida de oração como suas principais características. Após dois anos residindo na capital paraense, tendo como formador o Padre Ezequiel Bridi - CSsR, foi enviado pela Província de Porto Alegre ao noviciado interprovincial na cidade de Tietê, no Estado de São Paulo, no ano 2015.

Alison é graduado em Turismo pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e cursou Filosofia no Instituto Regional de Formação Presbiteral da CNBB Regional Norte II, hoje Instituto Dom Vicente Zico, em Belém.

Segundo seu primeiro formador, padre Ezequiel Bridi, o noviço tem uma caminhada muito positiva e apresenta um crescimento pessoal e cristão que possibilita dá testemunho diante das pessoas, sendo um religioso que cumpre sua missão.

“Nós temos muita alegria de acolher mais um confrade e ter contribuído neste processo formativo. Alisson tem uma história de vida bonita, que exige muito na caminhada, mas que é importantíssima para o seu testemunho como um religioso, como um Redentorista”, destacou padre Ezequiel Bridi.

Com a celebração, oficialmente o jovem é acolhido na Congregação Redentorista como religioso de votos temporários, devendo ser renovado anualmente segundo define o Conselho Provincial, até o tempo mínimo em que esteja apto para sua profissão perpétua.

NOVA ETAPA

Alisson Gonçalves segue para a próxima etapa de formação, na cidade de Londrina/PR, onde cursará Teologia pela Pontifícia Universidade Católica (PUC/PR), unindo-se aos junioristas João Crispin e Júlio Nascimento, ambos oriundos do Pará.